Obtenha o Melhor Crédito Habitação

Comparamos várias propostas para o seu pedido de crédito habitação. Apresentarmos a melhor opção do mercado.

Receba uma solução:

  • Grátis e Sem Compromissos
  • Spread Desde 0,95%
  • Pagamento Até 40 Anos
De Quanto Precisa?
Está a um clique de encontrar um crédito à sua medida 👇
Pedir Credito

Veja as Melhores Ofertas de Crédito Habitação:

Banco CTT

  • Várias Finalidades
  • Financiamento até 48 Horas
  • Taxas Fixas
  • Sem Comissão de Abertura
Avaliação:
Quantia:
1.000€ - 500.000€
TAN:
Desde 1,4%
TAEG:
Desde 6,2%
1.000€ - 500.000€ Montante
12 - 480 Meses Prazo de Pagamento
  • Sem Comissões de Abertura
  • Seguros Opcionais
  • Taxas Fixas
  • Financiamento Até 48 Horas
Desde
2015
Montante de Financiamento
1.000€ - 500.000€
Prazo de Pagamento
1 - 40 anos
Tempo de Aprovação
48 horas
TAN
Desde 1,4%
TAEG
Desde 6,2%

Avaliações dos Clientes

4.7/5

5 Satisfação do Cliente
5 Apoio ao Cliente
5 Tempo de Resposta
Interessado?
Simular Já!

Novo Banco

  • Bonificação de Taxas
  • Taxas Fixas
  • Financia Encargos Adicionais
  • Melhor Habitação Para Jovens
Avaliação:
Quantia:
2.000€ - 1800000€
TAN:
Desde 1,6%
TAEG:
Desde 2,7%
2.000€ - 1800000€ Montante
6 - 460 Meses Prazo de Pagamento
  • Sem Comissões de Abertura
  • Taxas Fixas
  • Melhor Habitação Para Jovens
  • Financia os Encargos Adicionais
Desde
2014
Montante de Financiamento
2.000€ - 1.800.000€
Prazo de Pagamento
6 meses - 40 anos
Tempo de Aprovação
48 horas
TAN
Desde 1,6%
TAEG
Desde 2,70%

Avaliações dos Clientes

4/5

4 Satisfação do Cliente
4 Apoio ao Cliente
4 Tempo de Resposta
Interessado?
Simular Já!

Tudo o Que Precisa de Saber Sobre Crédito Habitação

  • 100% Online
  • Resposta Rápida
  • Pagamentos Até 40 anos
  • Rendas Mais Baratas
  • Spread Desde 0,95%
  • Renegociação de Crédito

São cada vez mais as pessoas que preferem comprar uma casa em vez de arrendar. Algo que contribui para isso é o aumento do valor das rendas de habitação que se tem visto nos últimos anos, levando a uma maior procura por créditos habitação.

E não somos só nós a dizer isso. O Instituto Nacional de Estatística tem vindo a registar menos contratos de arrendamento, o que significa que, em alternativa, mais casas estão a ser compradas.

O valor da renda da casa continua a subir por todo o país. Ao mesmo tempo, há cada vez menos famílias a conseguir arrendar casa. Os dados publicados (...) revelam que o número de novos contratos recuou 10,5%.

Artigo do Diário de Notícias

É que, vendo bem, ao adquirir uma propriedade, acaba por aplicar o seu dinheiro em algo que um dia vai ser verdadeiramente seu!

Outro fator que joga a seu favor é que as entidades financeiras fornecem melhores condições de dia para dia. Só em outubro de 2020, as "prestações caíram para novo mínimo histórico em todos os prazos", segundo o jornal ECO.

Os prazos de pagamento já chegam até aos 40 anos, o que reduz o valor da prestação. E até as taxas de juro estão mais reduzidas, Euribor e spread incluídas.

Se está a pensar em comprar uma casa, como pode ter a certeza que vai tomar a melhor decisão? Damos-lhe todas as informações que precisa neste guia!

Prós e Contras

  • Spread Desde 0,95%
  • Prazo de Pagamento Até 40 Anos
  • Prestações Mais Baixas do Que Renda
  • Renegociação do Contrato Disponível
  • Taxas de Juro Estão Mais Baixas
  • Processo Mais Burocrático
  • Demora Mais Tempo a Ser Aprovado

O Que É?

Comprar casa é, talvez, o maior investimento que a maioria das pessoas faz durante a sua vida.

Por atingir montantes muito elevados, chega a ser improvável ter essa quantia pronta a ser utilizada. Por isso mesmo, praticamente toda a população recorre a um crédito habitação.

💡 Este empréstimo é providenciado por uma instituição de crédito a uma pessoa e é feito através de um contrato em que é acordado a quantia a emprestar, o prazo do respetivo reembolso e as taxas de juro provenientes dessa transação.

Em Portugal, apenas as instituições financeiras e os intermediários de crédito registados no Banco de Portugal estão habilitados a conceder créditos habitação, pessoal, consolidado ou automóvel.

Como o InstaCrédito é uma marca gerida pela Gestlifes – JPCOM Unip. LDA e registada no Banco de Portugal com o nº0001409, é seguro pedir o seu crédito habitação connosco.

Para Que Serve?

Um crédito habitação pode ser utilizado para qualquer necessidade que englobe o seu objetivo final: ser proprietário de uma casa.

Quer deseje adquirir uma moradia, um apartamento, um terreno vazio onde vai construir uma habitação desde o zero ou até mesmo uma propriedade desgastada que, depois de comprada, vai receber uma nova vida.

Para todas estas possibilidades, já encontra soluções específicas que se adaptam melhor ao que pretende.

Pode usar um crédito habitação para:

  • Habitação Própria Permanente

  • Habitação Secundária

  • Investimento Para Arrendamento

  • Trocar de Casa

  • Reabilitação Imobiliária

  • Construção Total da Casa

  • Compra de Terreno Para Construir

  • Fazer um Novo Contrato Para Pagar Menos

Por exemplo, o Santander já tem, para além do crédito para comprar uma casa, dois empréstimos distintos para construção: um que visa a construção total de uma habitação e outro para fazer pequenas obras na casa adquirida.

Estas soluções também são encontradas no Banco CTT, que ainda dispõe de um crédito feito apenas para a aquisição de uma segunda casa para arrendamento ou férias.

Se ainda é jovem e procura a primeira casa, o Novo Banco tem uma oferta que contempla spreads mais reduzidos e a possibilidade de fazer uma segunda hipoteca à casa dos pais para ajudar na entrada inicial.

Como pode ver, cada necessidade consegue ser suprimida com uma opção feita para cada finalidade.

Melhores Ofertas de Crédito Habitação

  • Banco CTT

    1.000€ - 500.000€ • 12 - 480 Meses

    4.7 /5
  • Santander

    1.500€ - 3000000€ • 12 - 460 Meses

    3.7 /5
  • Novo Banco

    2.000€ - 1800000€ • 6 - 460 Meses

    4 /5

Requisitos

  • Rendimento

    Salário Mínimo

  • Idade mínima

    18 anos

  • Idade máxima

    75 anos

  • Residência

    Portugal

  • Situação Profissional

    Empregado, Reformado, Trabalhador Independente com Atividade Superior a 2 Anos

  • Seguro

    Obrigatório

  • Restrições

    Residência Temporária, Incumprimento de Prestações, Dívidas Pendentes

Como Comparar?

Talvez já ande a fazer a sua ronda diária às diversas entidades financeiras que oferecem serviços de crédito habitação.

Este empréstimo acarreta uma grande responsabilidade. Afinal, vai acompanhá-lo durante muitos anos e o produto final é realmente de valor. Por isso, já deve ter sentido que não basta olhar para uma oferta de uma instituição e assinar logo contrato.

Mas como é que, ao olhar para todas elas, distingue qual é a melhor?

Antes de mais, há que saber o que deve comparar. É que existem fatores que, se prestar atenção, podem reduzir os seus custos.

  • Taxas de Juro - Dependendo do valor da Euribor, a sua taxa pode ser alterada se escolher taxas variáveis. Veja como se tem "comportado" este valor recentemente antes de decidir. Em taxas mistas, paga com taxa fixa nos primeiros anos e variável nos restantes.
  • Tipologia do Crédito - Existem tipos de crédito habitação com finalidades específicas e cada um deles tem taxas e condições adaptadas a um objetivo concreto.
  • Prazo de Pagamento - Muito créditos habitação já vão até aos 40 anos, sendo que tem de ter até 75 anos no final do contrato. Ora, um prazo maior resultará numa mensalidade mais baixa.
  • Montante de Financiamento - O facto de o montante de financiamento estar tão "diluido" durante o seu prazo de pagamento pode dar uma falsa sensação de ser pouco a reembolsar. Mas tenha em atenção que, quanto mais pedir, mais juros vai ter de pagar.
  • Condições de Contrato - Aspetos como o spread, TAEG, MTIC e até se paga comissões adicionais são definidos por cada instituição financeira.
  • Bonificações de Spread - Os valores de spread estão cada vez mais baixos. E ainda os pode reduzir mais quando subscreve a produtos adicionais da mesma instituição onde fez o seu crédito (como seguros, cartões de crédito, entre outros).
  • Seguros Obrigatórios - Vai ter sempre de associar alguns seguros, como o de vida e do imóvel. Mas pode escolher a seguradora. Veja só se encontra uma opção com coberturas suficientes a um bom preço.

💡 Estas ponderações vão sempre depender das características do seu pedido e da sua situação financeira, por isso o melhor crédito habitação será diferente de pessoa para pessoa.

Como deve calcular, o mais importante de tudo são mesmo as taxas e comissões aplicadas em cada instituição financeira.

crédito habitação

Taxas e Comissões

Sim, sabemos que é uma das partes mais chatas.

Mas tem de ser!

Provavelmente já ouviu falar em todos estes nomes, mas sabe ao certo o que significam? Nós ajudamos:

  • Euribor - Taxa de juros média dos empréstimos interbancários da zona Euro. A entidade financeira escolhe entre 3, 6 ou 12 meses para definir este valor.
  • Spread - Taxa de juro aplicada nos contratos à habitação e refere-se à margem de lucro do banco. Quando adiciona serviços da mesma instituição onde fez o seu crédito, pode ter um valor de spread mais baixo, o que diminui o montante a pagar.
  • TAEG - Também conhecida como Taxa Anual Efetiva Geral, diz respeito à percentagem do montante que pediu que se destina, anualmente, aos encargos associados. Por isso, quanto maior for a TAEG, mais custos adicionais terá.

Se comparar todas estas taxas parece uma tarefa muito trabalhosa... É porque provavelmente será mesmo!

A boa notícia?

É que os os bancos e instituições de crédito também são obrigados a divulgar o MTIC - certo, parece mais um nome estranho, mas olhe que este será um dos seus melhores amigos.

O Montante Total Imputado ao Consumidor refere-se ao valor total que tem de pagar à entidade financeira durante o período em que o empréstimo decorre.

Ou seja, na prática, se quiser perceber ao certo o custo do crédito que vai pedir, só terá mesmo de olhar para o MTIC:

  • MTIC - Montante Pedido = Custo do Crédito

Se tiver esta dica em mente, nunca terá problemas em comparar propostas.

Ora, vejamos um exemplo:

A Ana e o Miguel querem comprar uma habitação e precisam de 150.000€. Para facilitar a escolha, viram a proposta de várias entidades financeiras.

Visto que ambos têm 30 anos, decidiram pedir um prazo de pagamento de 40 anos.

Entidades FinanceirasTAEGSpreadMensalidadeMTIC
Banco CTT1,8%1,1%357,35€171.528€
Santander Totta1,9%1,2%360,92€173.241,6€
Bankinter1,5%0,95%347,20€166.656€
Novo Banco2,0%1,6%392,54€218.547,61€

Como pode ver, não é só o spread que vai influenciar diretamente qual a prestação mais baixa, ao contrário do que se possa pensar.

É mais como que um balanço entre TAEG e spread que acaba por ter grande impacto no valor da sua prestação mensal e MTIC.

Ora, para este caso concreto, a melhor solução seria a do Bankinter, já que apresenta a mensalidade e o MTIC mais reduzidos.

💡 Tenha em atenção que o Novo Banco apresenta um MTIC muito superior já que esta entidade é a que admite uma entrada inicial mais reduzida.

Como Escolher?

Como viu no exemplo ilustrativo do ponto anterior, o casal mencionado teve de fazer várias simulações para o seu crédito habitação.

Isto porque as taxas não dependem só da entidade financeira.

💡 Apesar de as taxas base serem definidas por cada instituição, esses valores vão variar consoante as características do seu pedido e a sua situação financeira.

Por isso, mesmo que precisasse da mesma quantia que a Ana e o Miguel precisaram, talvez a melhor opção para si fosse diferente.

Para encontrar a solução mais barata para a sua carteira, terá de - tal como este casal - verificar diferentes propostas para conseguir encontrar a que se adequa melhor à sua situação financeira e aos seus objetivos.

Agora vem a parte que o deve preocupar mais:

Será que tem de fazer diversas simulações individuais com cada entidade financeira e passar por toda essa trabalheira?

Não!

Ao fazer a sua simulação com o InstaCrédito, não tem de perder tempo a submeter as mesmas informações e os mesmos documentos vezes sem conta. Além disso, não vai ter de esperar pelas respetivas respostas por parte de cada entidade financeira.

Como trabalhamos com várias instituições financeiras, reencaminhamos o seu pedido a todas, comparando as diferentes propostas. Desta forma, encontramos a que melhor se adapta ao seu caso.

Basta seguir estes passos e teremos o seu pedido nas nossas mãos num instante!

E a melhor parte? Não lhe é cobrado nenhum custo adicional por isso.

Como Fazer Uma Simulação Connosco?

  1. Clique em "Simular Já" e preencha o formulário
  2. Submeta os documentos necessários
  3. Comparamos as propostas de várias entidades financeiras para o seu pedido
  4. Receba uma solução ajustada aos seus objetivos e decida
  5. Crédito pessoal em menos de 24 horas!

Documentos

  • Identificação

    Cartão de Cidadão

  • Comprovativo de Morada Fiscal

    Uma cópia de uma fatura de luz, água, gás ou telecomunicações

  • Comprovativo de IBAN

    Obter numa caixa multibanco ou através do Homebanking do seu banco

  • Comprovativos de Rendimentos

    Últimos 3 Recibos de Vencimento e último Modelo 3 do IRS

  • Mapa de Responsabilidades

    Clicar em “Central de Responsabilidades de Crédito” no site do Banco de Portugal

Situações Especiais

O que acontece quando as suas condições não seguem os requisitos habituais?

Se está numa situação que foge das especificidades mencionadas até aqui, tenha em especial atenção os próximos dois pontos.

E Se Não Tiver Entrada Inicial?

De forma a conseguir a um crédito habitação com 100% de financiamento, terá de comprar um imóvel da banca. Caso contrário, o banco só poderá disponibilizar, no máximo, 90% do valor total da casa.

💡 De acordo com o Decreto-Lei n.º 349/98 – Artigo nº 11, as entidades financeiras só podem financiar até 90% do valor da propriedade para habitação própria e permanente. Por isso, terá de contar com o pagamento de 10% para a entrada inicial.

Mais uma vez, recorde o exemplo da Ana e do Miguel. O Bankinter seria a resposta de qual o crédito mais barato para eles.

Porém, não considerámos um aspeto importante: Cada entidade financeira estabelece um valor de entrada inicial específico.

Deixámos de fora - propositadamente - a informação de que a casa custaria 180.000€ e que eles já tinham 30.000€ de parte no banco.

No entanto, pode encontrar algumas instituições que financiem menos de 90%.

Entrada Inicial
Banco CTTAté 80% do valor de aquisição da casa
Santander TottaAté 85% do valor de avaliação, não excedendo 90% do valor de aquisição da casa
BankinterAté 90% do valor de aquisição da casa
Novo BancoAté 90% do valor de aquisição da casa

Todas as entidades financeiras avaliam o seu pedido e estado financeiro para estabelecer um valor base de financiamento.

E Se Quiser Reduzir a Sua Prestação?

Talvez já tenha um crédito habitação e apenas queira pagar menos por mês.

Hoje, isso é possível com uma transferência de crédito.

transferência de crédito

Com esta solução, faz um novo contrato de crédito habitação para a sua casa. Desta forma, vai beneficiar de melhores condições do mercado financeiro atual sem ter de vender a sua propriedade.

Esta é uma boa solução caso não seja a melhor altura para comprar uma nova casa ou passar por todo o processo de mudanças.

Ainda vai conseguir pagar uma prestação mensal mais baixa já que as taxas de juro, como a Euribor e o spread, estão mais baixas do que há uns anos.

Também o podemos ajudar nesta situação. Só tem de fazer a sua simulação connosco e vamos encontrar a solução mais adaptada ao seu caso.

Seguros

Como o empréstimo à habitação é o que apresenta maior risco de endividamento, os bancos precisam de aumentar a sua proteção para evitar a falta de pagamento de prestações.

O normal é exigirem a contratação de um seguro de vida e de um seguro multirriscos para concederem o crédito.

No entanto, existe uma pequena vantagem: você pode escolher a seguradora para o seu crédito habitação.

Isso é importante porque lhe dá liberdade para conseguir as melhores condições, independentemente da instituição com a qual contratualizou o seu pedido de crédito (que às vezes o pode tentar "empurrar" para uma determinada seguradora).

Lembre-se: diferentes seguradoras têm limites de cobertura diferentes.

📝 Saiba Mais: Que Seguros Existem para o seu Crédito Habitação?

Crédito Recusado?

Este tipo de crédito é, sem dúvida, o que tem mais burocracias e o que demora mais tempo para ser obtido. Isto porque as entidades financeiras vão examinar todos os pormenores do seu pedido e passar a pente fino todas as condições.

E, convenhamos, está muito dinheiro envolvido neste empréstimo.

Por isso, poderá encontrar mais percalços no caminho para conseguir obter a aprovação deste crédito.

As entidades financeiras vão querer uma garantia de que poderá pagar as suas prestações. Para que evitar que o seu crédito seja recusado, deverá:

  • Apresentar estabilidade profissional – Os créditos habitação são, geralmente, aprovados a quem tem um contrato de trabalho.
  • Manter movimentos bancários insuspeitos – Mantenha uma fonte de rendimentos regular e um controlo das despesas no seu extrato bancário.
  • Não acumular dívidas – Antes de avançar com o pedido de empréstimo, é melhor considerar liquidar outros créditos ou dívidas que possam existir.
  • Ter um bom Mapa de Responsabilidades de Crédito – Pedido no website do Banco de Portugal, este documento discrimina todos os créditos que se encontram no ativo, incluindo valores em dívida e respetivas prestações.
  • Ter uma taxa de esforço baixa - Também conhecida como Debt Service-To-Income (DSTI), é a percentagem do seu rendimento que se destina ao pagamento das suas prestações e deverá ser menor que 50%.

De forma a melhorar o seu perfil financeiro, existem alguns passos que pode começar a seguir desde já.

O Que Deve Fazer?

  1. Confirme se existe algum erro nos seus registos bancários
  2. Evite a acumulação de dívidas
  3. Não peça mais créditos até resolver a situação
  4. Melhore a sua reputação junto do banco
  5. Confirme o seu registo bancário novamente

Se depois destas verificações tudo estiver conforme o esperado, pode voltar a pedir o seu crédito habitação connosco.

Como Facilitar a Aprovação?

Caso esteja a ser mais difícil do que o esperado, existem algumas formas de garantir às entidades que, mesmo que não pague a sua prestação, estas terão sempre um retorno, tais como:

  • Hipoteca sobre o imóvel - Como forma principal de assegurar a devolução do empréstimo, a entidade financeira fica com a garantia do próprio imóvel em causa, sob a forma de uma hipoteca.
  • Fiador - A existência de um fiador é uma garantia extra para conseguir acesso a um crédito habitação. O fiador é quem assume a responsabilidade de cumprir com o pagamento das prestações referentes ao empréstimo caso o seu titular não consiga cumprir com as suas responsabilidades.
  • Imóvel de apoio - Esta garantia consiste na apresentação de um imóvel adicional (para além da casa que se está a comprar) para garantia do empréstimo.

Para qualquer que seja a dificuldade, o InstaCrédito está disponível para o ajudar!

Depois de fazer a sua simulação connosco, é-lhe atribuído um Gestor de Conta para tirar todas as dúvidas e ainda fazer um acompanhamento personalizado.

Vamos fazer os possíveis para que consiga um crédito consolidado ajustado à sua situação financeira.

CONCLUSÃO

Resumindo

Obter um crédito habitação não é um processo simples – está sujeito a muitas condicionantes e burocracias que têm de ser bem definidas já que o contrato irá acompanhá-lo durante bastante tempo. Hoje, as entidades financeiras oferecem melhores condições e as taxas estão mais baixas do que há uns anos. É uma questão de se familiarizar com toda a informação para a compra de uma casa. Já existem tipos de crédito habitação que se adequam melhor às suas necessidades. Por isso é tão importante obter toda a informação antes de assinar um contrato.

  • Spread Desde 0,95%
  • Pagamentos Até 40 Anos
  • Prestações Mais Baixas do Que Rendas
  • Renegociação do Contrato Disponível
  • Taxas de Juro Estão Mais Baixas
  • Processo Mais Burocrático
  • Demora Mais Tempo a Ser Aprovado

Perguntas Frequentes

Deve procurar o melhor crédito habitação para o seu caso específico. Ou seja, a melhor solução para si vai depender da sua situação financeira e das condições do seu pedido de crédito pessoal.
Assim, deverá comparar várias ofertas de crédito pessoal de entidades financeiras diferentes. O InstaCrédito pode ajudá-lo precisamente nessa tarefa através de uma simulação gratuita.

O crédito habitação é o tipo de financiamento que demora mais tempo a completar todos os passos do processo. Afinal, é o crédito com mais burocracias. Como é um contrato com grandes montantes de financiamento, passa por várias etapas em qualquer entidade que lhe conceda o crédito, tendo de assinar escrituras e apresentar documentos extra de avaliação do imóvel.

Enquanto que o InstaCrédito facilita toda a fase de pré-aprovação do crédito, esses passos adicionais são resolvidos com a respetiva entidade financeira. Por isso, poderá demorar mais algum tempo

O montante de financiamento máximo possível de pedir já chega aos 3.000.000€.

No entanto, o montante máximo que você pode pedir depende da sua situação financeira. Terá de se certificar que conseguirá pagar a sua prestação todos os meses, para não entrar em incumprimento de pagamento.

Sim. Pode fazer uma transferência de crédito habitação e ter novas condições de contrato para o pagamento da sua casa. Hoje, as taxas estão mais baixas e poderá passar a pagar menos por mês.

Um crédito habitação é um empréstimo que pode financiar a compra de uma casa, de um terreno, da construção de uma casa a partir do zero ou as obras de algumas divisões de uma casa que jºa foi utilizada.

O QUE OS CLIENTES DIZEM

Opinião dos Clientes

O seu comentário

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.